13 Fev: Cinema e animação

Olá!

A aula do dia 13 de Fevereiro nos trouxe um pouquinho do universo cinematográfico. Mas antes de entrarmos nesse universo, vimos um pouco mais sobre os princípios básicos da animação dos quais falamos nesta aula aqui. Por isso assistimos à animação “O homem mal animado”. Como diz a abertura do desenho o homem mal animado é “mais barato que um topete de 10 centavos, mais bidimensional que um Yupe metido à besta, capaz de pular vários edifícios em um só desenho, ele é o homem mal animado!”.

Nessa animação, percebemos que o autor brinca com os princípios básicos, fator este que acaba dando graça ao personagem, pois, ao contrário dos heróis bem animados, este não consegue salvar ninguém. Você consegue identificar quais são os princípios quebrados pelo homem mal animado? Veja com atenção novamente:

Mas, então, vamos ao cinema? O que deveríamos aprender sobre cinema para fazermos uma boa animação? Sabemos que estamos contando histórias, que a animação também é feita com câmeras, cenários, atores, personagens, enfim, muitos elementos que também estão presentes num filme de ficção do universo cinematográfico. Como animação também é uma arte audiovisual, temos de entender como funciona esse tal de cinema.

Vamos começar pelo início: O roteiro. Alguém sabe o que é? Pode ser um caminho, uma rota. É pelo roteiro que toda a equipe vai se guiar na hora de fazer seu trabalho dentro do filme. No nosso caso, da animação, usa-se também o story board, que seria uma versão do roteiro desenhado de acordo com o enquadramento da câmera. Ficou difícil? Temos um ótimo exemplo de Story Board, no site www.famousframes.com podemos ver o story board de algumas peças publicitárias, lado a lado visualizamos o story board e o vídeo, assim é fácil compará-los e percebermos a evolução do trabalho.

Para fazermos um story board é importante entendermos como é feita a decupagem por planos usada também no cinema. Essa decupagem vai nos dizer como será o enquadramento da câmera e sua posição durante uma cena. Mas fiquem atentos: uma cena pode ser enquadrada de diferentes formas, por isso a decupagem por planos de cada cena. Para podermos nos comunicar dentro da equipe, para que possamor explicar quais planos serão feitos, e como será exatamente o enquadramento de cada plano, criou-se uma nomenclatura que diferencia um plano de outro. No site o festival www.primeirofilme.com podemos visualizar os nomes dos respectivos planos.

Abaixo, os principais planos relacionados aos personagens.

Temos no quadro 1 > Close

No 2 > Plano médio

No 3 > Plano conjunto

tiposdeplanos

No Making of peça de natal da John Lewis podemos ter uma noção de todo o processo de produção do curta.

Já que vimos um pouco sobre story board e o mundo cinematográfico, o desafio para a próxima aula é fazermos um story board. Estamos ansiosos para vermos o que vocês criaram!

Como ainda trabalharemos com massinha, vai aí uma super dica: Trabalhe com peças inteiras, não faça mãos e pernas do boneco separados para depois juntar ao corpo, assim o boneco não cairá na hora da gravação. Veja o exemplo do Morph:

Importante!

no dia 14 o autor do livro “sacudindo o pó da estrada” fará uma roda de conversa com exibição de filme. Nâo percam! Vale a pena chegar mais cedo para dar uma conferida!

1604437_362045967270726_2105903720_n

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s