24 Mai: Prática com Pinhole

Oficina Foto_24-05-2014 KitaPedroza (1)

Kelly e Tati posam para sua foto usando a técnica do Pinhole.

Olá Pessoal! Na última aula (24 Maio) fizemos uma prática com Pinhole. Lembrando que o Pinhole é “um processo alternativo de se fazer fotografia sem a necessidade do uso de equipamentos convencionais. Sua câmera artesanal pode ser construída facilmente utilizando-se materiais simples e de poucos elementos. O nome inglês Pinhole ou Pin-Hole pode ser traduzido como ‘buraco de agulha’ por ser uma camera fotográfica que não possui lentes, tendo apenas um pequeno furo (de agulha) que funciona como lente e diafragma fixo no lugar de uma objectiva. Também conhecida como câmera estenopeica, a pinhole é basicamente uma caixa toda fechada onde não existe luz, ou seja, uma camara escura com (normalmente um) pequeno orifício. A diferença básica da fotografia pinhole para uma convencional está na sua óptica. A imagem produzida numa pinhole apresenta uma profundidade de campo quase infinita” (in: jorgerego.blogspot.com.br)

Para fazermos nossa aula prática, tivemos que montar nossas câmaras obscuras e nosso laboratório. Para quem esqueceu ou mesmo quer relembrar todo o processo para repetir a prática em casa com mais calma, abaixo há o passo a passo para a construção da câmera e do laboratório.

Pinhole 12É necessário termos à mão o seguinte material: uma simples caixa de sapatos, latinha de Coca-Cola ou algo semelhante (desde que tenha tampa) como uma caixa de madeira um pouco mais trabalhada; Tinta preta fosca ou cartolina preta para pintar a lata caso ela não seja preta (ex.Robbialac Sintético Fosco); uma agulha e fita adesiva preta.

O primeiro passo é transformar esta caixa numa câmara escura. Para isso é necessário escolhermos uma caixa com uma tampa que vede bem o interior da mesma. Pintamos ou encapamos com a cartolina o interior da camara, inclusive a tampa. O importante é mantermos a camara realmente escura. Depois, com o auxílio de uma agulha, fazemos um pequeno buraco numa das laterais da caixa/camera. Em alguns casos, onde a dureza do material usado para a camera não permite um furo perfeito (que é fundamental), devemos então fazer um buraco maior e colar sobre ele um pedaço de papel alumínio ou um retalho de latinha de cerveja e neste sim, fazermos o furinho de agulha. Isto irá facilitar e melhorar o trabalho.
É importante observarmos que o tamanho do furo deve ser o menor possível, com um diâmetro que não ultrapasse o da ponta da agulha. Isto é relevante em termos de definição focal e nitidez na imagem gerada pela pinhole. Devemos perceber que uma imagem desfocada é consequência de um furo muito grande, isso em relação ao tamanho da camera pinhole. Quanto menor a camera, menor deve ser o furo. Evidentemente, que para cada tipo e tamanho de camera, haverá de ser este furo proporcional à distância focal. Considerando que para uma pequena camera, tipo caixinha ou lata, fazemos um furo com agulha, para uma camera de grandes proporções, podemos chegar a um furo com diâmetro de um dedo polegar. Contudo, nada se compara ao entendimento empírico, experiência artesanal e a simplicidade. Os resultados são sempre mais encantadores. Chamamos de plano focal a distância ideal onde a imagem é projectada com o melhor foco.
No nosso caso, para ser ainda mais simples, utilizamos umas simples caixinhas de rolos de fotografia 35 mm (pretas). Todo o processo é muito simples mas demora o seu tempo a confeccionar pois, por exemplo, relativamente ao furo feito com a ponta da agulha, devemos ter em atenção que este não deixe rebarbas quer para o interior como para o exterior da caixa.

Neste vídeo, também há uma instrução para a construção da câmera numa lata de leite em pó:

 

Aqui há mais alternativas para fazer a sua câmera: http://pinholedayrio.wordpress.com/tutoriais-para-pinhole

Agora, para fazer o laboratório, você pode ver a dica do queimando o filme, abaixo.

 

Outra dica da http://www.fosfoto.com/pinhole.html no link.

 

o nosso, feito de improviso na biblioteca, ficou assim:

Oficina Foto_24-05-2014 MichelSilva (26)

grupo no laboratório

 

Sites: jorgerego.blogspot.com.br / http://www.queimandofilme.com

 

 

Anúncios

Um comentário sobre “24 Mai: Prática com Pinhole

  1. Sou louca pra testar o pinhole, nunca fiz… me inscrevi em uma oficina mês passado mas por conta do mal tempo acabou não acontecendo 😦

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s